Google diminui prazo de priorização para indexação de site mobile

Na última semana, o Google anunciou que a indexação para dispositivos móveis será definitivamente utilizada como padrão para os sites. Essa iniciativa será concluída totalmente até o mês de setembro deste ano.

Até então, o previsto era que a conclusão acontecesse até o final de 2020, entretanto o mecanismo de pesquisa decidiu adiar um pouco o fim do processo. 

De acordo com informações divulgadas pelo Google, atualmente cerca de 70% dos sites exibidos nas pesquisas já foram trocados. Afinal, a empresa está enviando alertas para os proprietários de sites desde o início do ano. 

A expectativa é que até setembro, portanto, todos os sites sejam rastreados, indexados e posicionados pelo mecanismo utilizando a indexação para dispositivos móveis como padrão.

Ou seja, para manter a boa classificação do seu site a partir de agora é necessário priorizar a adequação total dele para a exibição em dispositivos móveis. 

Para compreender melhor o que isso significa, tenha em mente que muitos sites nos dias de hoje possuem duas versões principais completamente separadas uma da outra: uma voltada para computador e outra para dispositivos móveis. 

A principal diferença é que até certo momento grande parte dos mecanismos de pesquisa – inclusive o próprio Google – identificava, indexava e classificava os sites se baseando em suas versões para computador. 

Todavia, como as pesquisas online estão acontecendo com cada vez mais frequência nos dispositivos móveis, o Google passará a priorizar e a classificar a outra versão dos sites – aquela destinada ao dispositivos móveis.

Sites que já são responsivos precisam apenas aprimorar os detalhes que por ventura dificultem a navegação no site em smartphones.

Com essa importante mudança, os proprietários de sites devem ficar atentos e seguir as recomendações do Google a fim de garantir que suas páginas sejam melhor indexadas pelo mecanismo de pesquisa mais utilizado no mundo. 

Em outras palavras, eles precisam priorizar as versões móveis dos sites e torná-las muito parecidas com as versões para computadores.

Isso significa analisar se o conteúdo, os metadados e os dados estruturados são idênticos, por exemplo, bem como entender de fato como o algoritmo do Google deseja que seu site mobile seja estruturado. 

 

Fonte: https://anovaeraonline.com/portal/google-diminui-prazo-de-priorizacao-para-indexacao-de-site-mobile/

Envie seu comentário
G38B

Quer que seu site seja atualizado regularmente